O manual da garota geek - Sam Maggs

julho 15, 2015


Se você é como eu, este livro também é pra você. Como o próprio título sugere, este é um manual para garotas geeks. Não há uma história ou algo do tipo, é simplesmente um copilado de textos que nos ajudam a ver que não estamos sozinha neste mundo e que é ok! gostar tanto de algo que o simples fato de ver qualquer coisa sobre aquilo já nos fazem pular e surtar como loucas desalmadas.

No começo a autora separa os fandons e fala um pouquinho sobre cada um deles: o nome, a característica definidora, como se tornar uma garota deste fandom e algumas coisas que podem render alguns debates. Abaixo vai ter uma foto para que fique mais claro como são estes textinhos. Eu adorei esta primeira parte, me identifiquei com alguns e acabei conhecendo um pouco mais sobre outros.


Outra parte bem legal deste manual são as pequenas entrevistas com garotas geeks influentes como Jane Espenson, roteirista e produtora de séries de Tv como Buff e Once Upon a Time <3. Há diversas mensagens inspiradoras nestas entrevistas. Espenson mesmo dá a dica de pegarmos algo que gostamos e transformá-lo em algo original. É mais ou menos o que nós blogueiros literários fazemos, transformamos nosso amor pelos livros em uma forma de incentivar o hábito pela leitura.

A autora também dedicou uma parte do livro para falar sobre as convenções e mesmo não sendo muito do meu interesse, já que eu nunca fui a uma convenção, eu pude pegar diversas dicas que acredito que posso usar para a Bienal ou para outro evento de grande porte. Uma delas é se programar e criar um cronograma e isso ajuda muito para a Bienal. Sério! Aquele evento é uma loucura, às vezes ocorrem diversas sessões de autógrafos ao mesmo tempo e, com certeza, ter tudo certinho e anotado vai evitar perdermos alguma sessão importante.


O que eu mais gostei no manual foi o texto sobre o feminismo e como o tema tem sido inserido no mundo geek. Temos cada vez mais personagens fortes, ativistas, eficientes e, claro, maravilhosas. A autora lista diversas heroínas e ainda dá dicas de onde encontrá-las. Além disso, há um glossário com alguns códigos secretos feministas e eu confesso que desconhecia muitos deles.

Apesar de curto, o livro está repleto de conteúdo geek de altíssima qualidade. Eu o li em poucas horas e sei que ele ainda vai me servir para consulta já que há muitas séries, games e filmes citados que eu quero conhecer. Super recomendo a leitura/consulta deste manual ainda que você não se considere uma garota geek. Tenho certeza que nestas páginas há muitos motivos para você se transformar em uma de nós!

Informações:
Autora: Sam Maggs
Editora: Única
N° de páginas: 192
Adicione no Skoob!
Compre: Submarino
Livro cedido para resenha!

Você também poderá gostar de:

1 comentários

Facebook

Twitter