A Evolução de Calpúrnia Tate - Jacqueline Kelly

março 04, 2015

TÍTULO: A Evolução de Calpúrnia Tate
SÉRIE: CALPURNIA TATE
Autora: Jacqueline Kelly
EDITORA: Intrínseca
ANO: 2014
PÁGINAS: 384
ISBN: 9788567028415
Sinopse: Calpúrnia Virginia Tate tem 11 anos em 1899, quando pergunta o porquê de os gafanhotos amarelos em seu quintal serem tão maiores do que os verdes... Com uma pequena ajuda de seu notoriamente mal-humorado avô, um ávido naturalista, ela descobre que os gafanhotos verdes são mais fáceis de ser vistos contra a grama amarela e, por isso, são mortos antes que possam ficar maiores. Por gostar de explorar a natureza ao seu redor, Callie acaba criando um relacionamento próximo com seu avô enquanto enfrenta os desafios de viver com seis irmãos e se depara com as dificuldades de ser uma garota na virada do século. Em seu livro de estreia, Jacqueline Kelly habilmente traz Callie e sua família para a vida, capturando o crescimento de uma jovem com sensibilidade e humor.  (Skoob).
Uma ficção histórica leve e divertida.


Em 1899, as meninas são preparadas para crescer e se tornar uma dama da sociedade, esposa e mãe, no máximo dá pra sonhar em ser professora. Mas Calpúrnia Tate ou Callie Vee com seus onze – quase doze – anos, não quer nem pensar nestas opções. Ela está mais interessada nas diferentes espécies de gafanhoto que encontra em seu quintal.

Callie é a única garota da família e está no meio de seis irmãos. Sua mãe começa a obrigá-la a aprender a tricotar, tocar piano e a cozinhar, mas tudo isso ocorre no mesmo período em Callie se aproxima de seu avô e tudo o que ela quer é passar mais horas com ele e seus experimentos malucos.

O avô de Callie é um naturalista que está obcecado por descobrir um novo sabor de espumante e todos na família o tem como um louco. Porém, Callie não o teme e juntos eles se tornam grandes parceiros nas novas descobertas.

A voz de Callie é tão clara e verdadeira que, várias vezes, a personagem deixa de ser fictícia e parece que você está lendo um livro de memórias. A escrita da autora é clara e traz a tona um assunto delicado até mesmo para os dias atuais: o papel de uma garota em mundo machista. Callie faz com que qualquer um deseje a alteração das normas passadas e a abertura para que as mulheres possam fazer o que bem querem.

Os personagens do livro são muito bem descritos, cada um tem uma personalidade marcante e bem delimitada. Os pais e o avô da Callie, por exemplo, são tão complexos quanto a personagem principal.

Outra coisa que me chamou a atenção foram os pequenos fragmentos de texto antes de começar cada capítulo, eram frases simples e poéticas, mas carregadas de significado.

Este livro me fez lembrar de “O Sol é para todos” (em breve terá resenha dele aqui), um clássico que também traz como protagonista uma garotinha muito inteligente e cheia de personalidade.

A Evolução de Calpúrnia Tate faz parte de uma série e o segundo livro “O Curioso Mundo de Calpurnia Tate” (T.L.) chegará em breve aqui no Brasil. Mal posso esperar para ler e me encantar mais uma vez com esta garota.

Para quem gosta de ciência este livro é altamente recomendado, mas se você não gosta, não se intimide, tenho certeza que será uma leitura deliciosa e recheada de descobertas.


 *Livro cedido para resenha pela editora.

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Facebook

Twitter